Iniciar uma conversa

Como monitorar serviços do IceWarp e objetos GroupWare através do IM?

Utilizando uma conta de Administrador é possível monitorar serviços do IceWarp, incluindo SMTP, POP, IMAP, Control, FTP e VoIP/SIP, através de um cliente IM, permitindo visualizar estatísticas bastando passar o mouse por cima do respectivo contato, incluindo tempo que o serviço está em execução, pico de conexões, etc.

Você define um gateway como feito para gateways (MSN, ICQ, etc). A diferença, é que chamaremos uma DLL específica para monitoramento de serviços IceWarp. Acesse, através do Console de Administração IceWarp, em Mensagens Instantâneas/Serviços/Editar arquivo e copie o seguinte código no arquivo texto de definições, valendo ressaltar que, a partir da versão 10.1.2, o exemplo já está incluso no arquivo de configuração, bastando adaptar o host entre colchetes:

[monitor.seudominio.com.br]
category=gateway
type=service
name=Service Monitor Gateway
ns=jabber:iq:register;jabber:iq:gateway
module=modules\service.dll
history=
browse=
access=
formdata=

Especifique, entre colchetes, um A Host existente, lembrando de criá-lo em seu DNS, no caso, usaremos monitor.lucanet.com.br. Especifique, também, um caminho válido até a pasta \modules em Module=.

Em seguida, no seu programa cliente, você realiza uma Descoberta de serviço/Service discovery (símbolo do PSI/Detectar serviços ou no WebIM, clique em adicionar e escolhá a aba Serviços, dando um duplo clique no gateway desejado) e registra o gateway de monitoramento.

Tente agora enviar uma mensagem para o próprio gateway. Você receberá uma tela de help, contendo os contatos para monitorar serviços Merak, acima referenciados.

Agora, basta adicionar os respectivos contatos, escolhendo Adicionar Contato e informando, escolhendo o gateway criado e especificando o ID Jabber do objeto que deseja monitorar. No PSI, após clicar em adicionar e dar um duplo clique no gateway de monitoramento, especifique apenas "smtp" (sem aspas) no campo Serviço de tradução de ID e clique em "Obter jabber ID". O campo Jabber ID deve parecer com o seguinte: smtp@monitor.seudominio.com.br. No caso do WebIM, especifique o endereço completo, com a sintaxe objeto@monitor.seudominio.com.br (como smtp@monitor.seudominio.com.br), no campo Jabber ID.

Você pode incluir contatos para smtp@, pop3@, imap@, control@, im@, ftp@, gw@ e sip@.

Ainda, é possível monitorar objetos do GroupWare. Por exemplo, passando o mouse em cima de um contato específico, você consegue ver suas Tarefas.

Para tal, é usado o mesmo gateway, entretanto você deve adicionar outros contatos, conforme referenciado a seguir.

events%eventos@merakmon.com.br - Seus Eventos
notes%notas@merakmon.com.br - Suas Notas
tasks%tarefas@merakmon.com.br - Suas Tarefas

Na v9 a sintaxe é ligeiramente diferente. Fica apenas events@merakmon.com.br (somente a parte antes do %).

Para visualizar as tarefas de outro usuário (considerando que você possui o devido permissionamento), a sintaxe é a seguinte:

events%gustavo%icewarp.com.br@monitor.lucanet.com.br

Na v10 use events%eventos%gustavo%icewarp.com.br@monitor.lucanet.com.br

Nesse caso, passando em cima do contato adicionado conforme acima no campo Jabber ID, é possível visualizar os eventos do GroupWare usado pelo Gustavo.

Agora um exemplo de como visualizar tarefas Tickets-matriz, em uma pasta pública:

Tasks%Tickets-matriz@merakmon.lucanet.com.br

Obs: no caso de uma sub-tarefas abaixo de Tickets-matriz denominada Tickets-clientes, teremos como sintaxe Tasks%Tickets-matriz%Tickets-clientes@merakmon.lucanet.com.br

Obs2: não são suportadas pastas públicas/objetos que contenham espaço em seus nomes ou acentuação.

Veja como fica a visualização de eventos de um usuário:

Escolher arquivos ou arraste e solte arquivos
Esse artigo foi útil?
Sim
Não
  1. Flávio Zarur Lucarelli

  2. Publicado
  3. Atualizado

Comentários