Iniciar uma conversa

Como posso fazer backup/restaurar a licença/configurações em caso de uma falha ou migração de servidor?

A configuração dos backups do sistema é acessível através do Console de Administração, em Sistema / Ferramentas / Backup do Sistema.

Veja a tela abaixo:



Recomendamos as opções acima referenciadas. Por padrão, IceWarp já é instalado com o backup do sistema ativado, realizando backup na pasta /icewarp/backup.

Atente aos seguintes itens:

- Estipule quantos dias de backups deseja reter no campo "Excluir arquivos de backup mais antigos que (dias)". Para backups diferenciais funcionarem, você precisa estipular um nome de backup com variáveis de data, como o exemplo referenciado, no qual informamos "yyyymmdd".zip. Você pode mesclar um nome de arquivo com varíaveis, como por exemplo, icewarp"ddmmyyyy".zip, que criaria arquivos do tipo icewarp12102010.zip (backup do dia 12/10/2010).

- É muito importante entender como funciona a questão de banco de dados e backup dos mesmos no IceWarp Server. As configurações de contas e domínios podem estar em sistema de arquivo, nesse caso, em Sistema / Armazenamento / guia Contas, estará escolhido Sistema de arquivos integrado. Nesse caso, seus usuários e senhas ficam no arquivo icewarp/config/dominio/domain.cfg e users.cfg e é feito backup dos mesmos.

Temos, ainda, o banco de dados do Anti-Spam, do GroupWare (esses 2 definidos no botão Configurações BD de cada respectivo módulo), do cache do Cliente Web (em GroupWare/Cliente Web - o default é SQLite, cada usuário tem um banco de cache em mail/usuário/~webmail/) e do Cache de Diretório (em Sistema/Avançado - usa config/directorycache.db em caso de instalação zerada ou o mesmo banco de contas, caso tenha feito upgrade para a v10.4). Caso estes estejam definidos com SQLite, eles já são backupeados no backup do sistema (.Zip). Você pode confirmar usando descompactador como 7 Zip ou Winrar (não use o compactador interno do Windows, que não consegue enxergar todos subdiretórios do backup em formato ZIP).

Caso qualquer um desses bancos não esteja usando SQLite (ex: MySQL, SQL Server, Oracle, etc.), é necessário realizar um backup por fora dos mesmos e/ou usar a seção "Banco de dados", referenciada na tela acima, para realizar um backup dos bancos de dados usados pelo IceWarp para outro servidor de banco de dados.

Dependendo do tamanho dos seus bancos, tal processo pode demorar, já que o IceWarp faz backup linha por linha. Já vimos casos, por exemplo, devido ao auto-whitelisting, de um banco de dados de Anti-Spam gigante, no qual a sincronização pode demorar. Alternativas incluem limpar o auto-whitelisting (detalhes no help do IceWarp, em Anti-Spam/Lista branca) ou usar outra ferramenta para realizar backup.

Para MySQL, além do comando mysqldump (realizando buscas você encontra exemplos), existem ótimos sharewares que são bastante rápidos, como o MySQL Auto Backup, que faz sincronização entre servidores de bancos de dados e gera dumps. Outra opção é o Dbconvert (sincronização entre servidores de bancos de dados, porém não gera dump). Esses softwares também suportam SQL Server.

No fundo, softwares como MySQL Auto Backup usam o comando mysqldump para realizar dumps de bancos. Veja um exemplo de como realizar isso manualmente:

mysqldump -u root -p nomedobanco > nomedodump.sql

Segue um exemplo de restore de um BD (contas.sql) para um BD denominado contas_icewarp:

mysql -u root -p contas_icewarp < contas.sql

No caso de SQL Server, você poderá realizar uma busca na Internet por "SQL Server backup script", pois caso esteja usando SQL Express, ele não possui a funcionalidade de backup integrada.

- Recomendamos marcar "backup todos os dados de usuários (exceto e-mails)". Tal opção tornará seus backups bem maiores, porém incluirão arquivos .dat, como auto-respostas e índices de contas IMAP (imapindex.dat), residentes na pasta mail. De toda forma, se você já faz uma cópia exata da pasta mail por outros meios, poderia desmarcar tal opção, para tornar seus backups bem mais enxutos.

- Por padrão, não é feito backup das mensagens de email e não recomendamos usar tal opção no backup do sistema, já que ela fará com que, diariamente, seja inclusa a pasta /mail no ZIP de backup. É bem melhor realizar backups diferenciais, apenas do que mudou. Para isso, veja FAQ a respeito do Robocopy (ou no Linux use o Rsync) para manter sincronia da pasta mail do IceWarp com outro servidor na rede, uma ótima alternativa, além do backup dos últimos x dias de e-mails, definido em Correio/Backup de mensagens, já que trata-se não apenas de ter os últimos x dias de backup dos emails, porém uma cópia fiel da pasta mail inteira.

Existem também softwares "agentes" que realizam backup bit a bit, constantente (de acordo com período estipulado, a cada x horas ou até quase que em tempo real), permitindo salvar uma imagem do servidor que pode posteriormente ser restaurada. Exemplos incluem o CDP (www.r1soft.com), ARC Serve e StoreGrid.

- Backup anexos do GroupWare faz com que os arquivos do porta arquivos (pasta Arquivos no Cliente Web), bem como anexos de itens do Groupware, como contatos e eventos, sejam inclusos no backup. Caso já esteja realizando uma cópia da pasta mail via Robocopy ou programa similar, pode considerar não usar tal opção para não inflar demais os backups. Os anexos do GroupWare ficam na pasta icewarp/mail/dominio/conta/usuario/~gw/attachments.

- Você pode realizar backup de diretórios adicionais, não inclusos no backup (última opção na tela acima). Considere que você está na raíz e use caminhos relativos. Por exemplo, na raíz /icewarp, tenho uma pasta denominada icewarp/exemplo. Para realizar backup dela, apenas especifico "exemplo". Digamos que desejo, também realizar backup do diretório que contém os logotipos do Cliente Web, especifico o caminho completo até a pasta images, conforme exemplo abaixo.

Exemplo: exemplo;html\webmail\client\skins\default\images

Vejamos, então, um descritivo dos principais arquivos contidos no backup do sistema. Ressaltando que os backups podem ser visualizador/extraídos com qualquer descompactador ZIP. Não recomendamos usar o compactador interno do Windows, pois ele não consegue acessar sub-pastas acima da pasta config, como /spam e /calendar. Use programas como WinRAR ou o gratuito 7-Zip.

Entenda que, ao abrir o arquivo de backup .zip, você está visualizando dentro da pasta /icewarp/config, ou seja, você visualiza arquivos dentro da pasta config (como cert.pem, settings.cfg e diversos outros) e pastas como "..calendar" (que reside em icewarp/calendar) e pastas contemplando seus domínios (cujo caminho completo seria icewarp/config/seudominio.com.br).

O backup salva, dentre outros itens, os seguintes:

  • Pasta IceWarp\config (configurações definidas no console do servidor IceWarp). Dentro outros arquivos de configuração, inclui subpastas para cada um dos seus domínios (ex: icewarp/config/dominio1.com.br) que contém usuários (users.cfg) e configurações de cada domínio (domain.cfg), caso use as contas em sistema de arquivos, bem como outras configurações específicas de cada domínio. Conforme explicações anteriores, pode conter banco de cache de diretório (directorycache.db), caso esteja usando o default.
  • Pasta IceWarp\config\_webmail (configurações do Cliente Web, sendo o arquivo de configuração default o settings.xml)
  • Pasta IceWarp\calendar (configuração completa do GroupWare, inclusive todas as entradas, como eventos e tarefas contidos no banco de dados SQLite padrão do sistema, groupware.db)
  • Pasta IceWarp\spam (configurações completas do Anti-Spam IceWarp, inclusive a base de referência de spams, regras do SpamAssassin e o banco de dados anti-spam padrão em SQLite, antispam.db)

O próximo passo é agendar o backup. No caso, clicamos no botão Agendamento. Em seguida, podemos alterar o horário definido clicando em Editar ou Adicionarmos um novo agendamento.



Finalmente, devemos agora clicar no botão "Backup agora", a fim de confirmar que o backup está sendo realizando com sucesso. Você pode acompanhar se o tamanho do arquivo de destino está crescendo (teclando F5), para confirmar que o backup está ainda em processamento. O log do serviço Web (ativado em Sistema/Serviços/Web - escolha modo Depurado), informa quando o backup é encerrado (System backup started e ended, bem como database backup started e ended). Atenção ao backup dos bancos de dados (opção em Sistema/Ferramentas/Backup do sistema, de sincronizar bancos com outro servidor de BD). Dependendo do tamanho dos seus bancos, tal processo pode demorar, já que o IceWarp faz backup linha por linha. Já vimos casos, por exemplo, devido ao auto-whitelisting, de um banco de dados de Anti-Spam gigante, no qual a sincronização pode demorar. Alternativas incluem limpar o auto-whitelisting (detalhes no help do IceWarp, em Anti-Spam/Lista branca) ou usar outra ferramenta para realizar backup.

Você pode também realizar um backup manualmente, a fim de garantir que temos um backup devidamente arquivado. Basta clicar no menu Arquivo e escolher a opção "Backup Configurações", conforme tela abaixo:



Vale ressaltar que o backup pode também ser extraído manualmente. Não utilize o descompactador nativo do Windows, que não enxerga todos os diretórios do backup. Ao invés disso, use o 7-Zip (gratuito) ou WinRAR.

Sugestões adicionais

- O arquivo .zip (antigo mcb) criado com a opção de Backup do sistema deve ser armazenado off-site (fora do servidor), para que você possa acessá-lo caso o servidor falhe.

Veja como armazená-lo num FTP remoto.

Caso queira salvar o backup direto para um storage na rede, veja a seguinte FAQ.

- Nunca restaure o backup de uma versão mais antiga em uma versão mais recente. No servidor de destino (novo), instale a mesma versão que você usa em produção e faça o upgrade posteriormente a ter restaurado o backup. Trata-se, inclusive, de uma ótima forma de testar uma versão nova em ambiente de testes.

Por exemplo, caso esteja na versão 9 e deseje atualizar para a versão 10, ao mesmo tempo migrando de máquina, instale a versão 9 no servidor novo, restaure o backup e cópias de bancos de dados (caso não use sistema de arquivos integrado para contas e o default SQLite para Anti-Spam/GroupWare) e em seguida faça o upgrade. O único detalhe é que, você deve evitar resincronizar os bancos mais uma vez a partir do momento em que atualizar o servidor novo para a versão 10, já que a estrutura pode ser incompatível entre as versões.

- Ao migrar de servidor, um dos maiores desafios é a pasta /mail, que contém todos e-mails (maildir) e pode ser bastante extensa. Veja nossa FAQ sobre Robocopy, que contém sugestão de como realizar cópias incrementais, facilitando o momento da migração.

Vale considerar, além de realizar um robocopy para outra máquina da rede e, nessa outra máquina, executar um software de backup que faça backups incrementais, como CloudBerry Backup (Server), pois o backup de emails do IceWarp é feito a nível de SMTP, sem hierarquia de pastas, útil para complementar backups feito via robocopy/software de backup (que podem não backupear arquivos que forem baixados e rapidamente apagados do servidor).

Restaurar licença e configurações

Caso esteja mudando de servidor, instale a mesma versão do IceWarp Server que está/estava rodando no servidor antigo. O sistema precisa realizar procedimentos de upgrades de tabelas e dados durante um upgrade de versão, portanto é essencial instalar a mesma versão que já usava no servidor antigo. Caso não tenha mais tal versão, obtenha-a em nosso site, no item Downloads / Versões antigas.

Antes de mais nada, reative sua licença, já que a versão trial é apenas para até 200 usuários e seu backup pode conter mais do que esse número de contas. Você tem 3 semanas, desde a ativação, para desinstalar o servidor antigo, a fim de evitar que o serviço seja parado, já que não é permitido usar a mesma licença em 2 servidores, exceto durante esse período de migração de máquina.

Veja a seguinte FAQ para obter detalhes de como reativar sua licença.

Assume-se que tenha sido feito backup da licença e das configurações em um arquivo .zip conforme descrito acima. No novo servidor, use a opção Restaurar Configuração. Esta opção pode ser encontrada no menu Arquivo, conforme tela abaixo:

Procure o arquivo .zip que você criou e todas as configurações originais e licenças do servidor serão restauradas.

Lembre-se:

- de copiar os e-mails (pasta mail) para o novo servidor

- restaurar e configurar seus bancos de dados, caso não use o default do sistema (SQLite).

- rever caminhos, caso tenham sido alterados, por exemplo, em Sistema / Armazenamento / aba Diretórios (pasta de emails, logs e temp). Veja o log de erro (em Status / Logs), a fim de averiguar se o sistema informa alguma anomalia.

Caso tenha problemas para restaurar seu backup, o que pode ocorrer em caso de armazenar configurações (pastas spam, calendar e mail) em um storage, pode ser que os caminhos do novo servidor sejam diferentes. Nesse caso, você pode extrair o backup .zip e copiar os dados manualmente por cima da nova instalação (sobretudo a pasta config).


Escolher arquivos ou arraste e solte arquivos
Esse artigo foi útil?
Sim
Não
  1. Flávio Zarur Lucarelli

  2. Publicado
  3. Atualizado

Comentários